Moradores do Bairro Riachinho saíram ás ruas, neste dia 12 de fevereiro de 2017, numa campanha denominada “Calazar no Riachinho Nunca Mais”. A movimentação, que contou com adesão dos populares e foi organizada pela Associação Beneficente e Cultural Nossa Senhora de Fátima – ABCNSF, é uma mostra de que os moradores do bairro não querem novamente viver o drama de 2014, quando uma criança morreu vítima da doença e 2015 onde houve um surto na cidade.

A Leishmaniose Visceral trata-se de uma doença parasitária que ataca gravemente cães, sendo a doença transmitida aos humanos por mosquitos.

O representante da ABCNSF, Damião ferreira da Silva, falou ao site Olhar Várzea Alegre acerca da movimentação e da preocupação dos moradores do Riachinho com o Calazar.

Cartaz da Campanha Calazar no Riachinho Nunca Mais. Imagem: Divulgação.
Cartaz da Campanha Calazar no Riachinho Nunca Mais. Imagem: Divulgação.